quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Martelos

Estes são alguns martelos que fiz para meu uso, os dois primeiros a partir de mola de ônibus, e os outros três a partir de velhas marretas oitavadas que cortei e dei novo tratamento térmico. Mesmo sendo bastante trabalhoso o resultado compensa, forjar com martelos apropriados e feitos sob medida para meu uso é incrivelmente mais eficiente.

São 2 martelos pena paralela, 2 martelos pena diagonal e1 martelo bola.
Os pesos variam entre 800 a 1400g.




o martelinho, ainda com a cor do revenimento, sobre meu xodó, esta antiga bigorna de aço forjado.


Navarre Cutelaria Artesanal

Faca "rat tail"

As rat tail, ou rabo de rato, eram facas comuns na idade média, trabalho simples de ser realizado pelos ferreiros, forjadas em uma única peça de aço e com acabamento rústico em "brut de forge" (bruto da forja) o que as tornava facas para o uso diário.

Foi com grande prazer que forjei esta minha primeira rat tail, de muitas que ainda pretendo forjar, nesta verdadeira brincadeira de modelagem com aço quente.
Depois de cortar caibros manteve seu fio capaz de cortar pêlos do braço.


Forjada em mola automotiva chata (provável 5160)
Comprimento total 31,5cm
Espessura máxima da lâmina 7mm
Acabamento em brut de forge.
(VENDIDO)





quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Faca de cozinha

Esta é a primeira faca onde uso a semente de jarina, conhecida como marfim vegetal, e gostei bastante de trabalhar com ela.

Forjada em 5160, têmpera seletiva.
Acabamento acetinado
Empunhadura em imbuia e jarina.
Guarda em inox.
34 cm comprimento total, 4mm de espessura na parte mais espessa da lâmina.
(VENDIDO)


Alguns enxós

Um tempo atrás me deparei com algumas fotos de enxós forjados por ferreiros na Alemanha, me encantei de imediato, eram bem diferentes dos enxós que eu conhecia, pelas fotos estava bem claro que se tratavam de ferramentas excelentes para entalhe.

Decidi que faria alguns para meu uso, e estes são os primeiros, pretendo ainda fazer alguns maiores, e um dia realizar o sonho antigo de entalhar uma canoa (quando conseguir um tronco enorme de madeira apropriada).

Exós forjados a partir de blocos de 30mm x 38mm x 95mm  de aço 5160.
Dimensões aproximadas: empunhadura 25cm, "cabeça" 16 cm.
Empunhadura em roxinho.

(Obs: Não Comercializo Enxós)





Forjando


Primeiro teste, o este enxó não precisou de nenhuma reafiação para fazer este pilão enorme em ipê.


Fazendo algumas gamelas.





 


sábado, 16 de outubro de 2010

Machado médio


Machado forjado em 5160, 10,5 cm de gume, acabamento acetinado, cabo em roxinho com 49cm de comprimento.
(VENDIDO)






Navarre machados artesanais

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

A bela imbuia




Forjada em aço 5160, guarda e pinos em inox, cabo em imbuia. Comp da lâmina 22,5cm, comp total 36 cm.(VENDIDO)





Forjada em aço 5160, guarda e pinos em inox, cabo em imbuia. Comp da lâmina 18cm, comp total 31 cm.
(VENDIDO)


Os desenhos do gonçalo alves

Faca modelo hunter
(VENDIDO)


Forjada em aço 5160, guarda e pino em inox, cabo em Gonçalo Alves. Comp da lâmina 16cm, comp total 30 cm.

Morsa de ferreiro

Esta incrível ferramenta de meu uso diário, e sua irmã menor, carregam consigo longa história.

Vieram da Alemanha ao fim do século XIX, trazidas por um jovem ferreiro alemão, que se instalou no Paraná, ao lado deste, estas morsas trabalharam por cerca de sessenta anos.

Foi um jovem ferreiro polonês, recém chegado a Curitiba, quem comprou estas morsas da viúva do velho ferreiro alemão, e por exatos cinquenta e um anos estas morsas o acompanharam.

Passaram-se quatro longos anos de ócio, até que eu resgatasse estas morsas do tédio, as comprando da viúva do velho ferreiro polonês.

É com profunda satisfação que hoje dou continuidade a vida destas ferramentas centenárias.


Navarre Cutelaria Artesanal




Olá amigos amantes da cutelaria artesanal, inicio aqui as postagens no blog com algumas fotos das forjas em ação.

Forja a Carvão








Forja a Gás